Seguidores

sábado, 25 de julho de 2009

A ORIXÁ NANÃ – A ORIXÁ DAS ÁGUAS PARADAS – 26 DE JULHO



Ela é chamada carinhosamente de “Vovó”, numa referencia à sua ternura com as crianças e à sua antiguidade. De fato, em algumas histórias do Daomé, sua terra natal, Nanã (ou Nanamburucu) aparece como a criadora do mundo, no nível de Oxalá ou mesmo de Olorum, o Céu. No candomblé, Nanã é esposa de Oxalá. Seu suporte é a lama, a mistura de água e de terra de onde surgiu a vida. Está ligada à riqueza, à fertilidade e também à morte e ao renascimento, pois a terra alimenta os homens e depois os recolhe no seu seio.
No Daomé, era representada como orixá masculino, pai ou mãe de todas as coisas, seres e orixás.
É uma figura muito controvertida no panteão africano: ora perigosa e vingativa, ora pateticamente desprovida de seus maiores poderes, relegada a um 2º plano amargo e sofrido.
É considerada a 1ª esposa de Oxalá, tendo com ele três filhos: Iroko, Obaluaê e Oxumaré.
Nanã é o princípio, meio e o fim; o nascimento, a vida e a morte. Ela é a dona do Axé por ser o orixá que dá vida e a sobrevivência, a senhora dos Ibás que permite o nascimento dos deuses e dos homens.
. Nome: Nanã
. Origem: Benin (Daomé)
. Data: 26 de Julho
. Filiação: É filha (ou manifestação) de Odudua
. Elemento: Água e Terra
. Suporte: Barro, lama, água parada, pântano.
. Raio: Terceiro
. Cores: Azul-escuro e branco (no candomblé) e roxo (na umbanda)
. Colares: de contas azul escuras e brancas ou de búzios entrecruzados no peito e nas costas (no candomblé) e também de contas roxas (na umbanda).
. Saudação: Salubá Nanã (“Dona do pote da Terra”)
. Oferendas Rituais: Milho branco, feijão-fradinho cozido com mel, inhame e arroz, sarapatel, pirão com batata roxa
. Bebidas: Vinho Rose Seco
. Cristais: Ametista
. Signo: Câncer
. Dia: 3ª feira ou Domingo
. Vibrações: Para aliviar a dor dos que sofrem de doenças graves.
. Amuleto: Ametista e a vassourinha de palha da costa que traz abundância.
. Instrumento: Ibiri (espécie de bengala- bastão de hastes de palmeira).
. Sincretismo: Sant’Anna
. Carta do Taro: A Lua
. Carta do Baralho Cigano: O Buquê
. Perfume: Limão ou Narciso(venha conhecer mais sobre os Orixás fazendo o curso O Poder dos Orixás na Sala Mestre Morya – Tel: 2565 5024/9346 7460/9981 0802, façam parte das minhas comunidades: Sala Mestre Morya, Morgana, Ametista, Terapias Alternativas, A Grande Fraternidade Branca e Os Celtas no Orkut)
www.fatimasoares.kit.net

Um comentário:

  1. adorei só não era o que eu queria eu queria ver mais coisas

    ResponderExcluir